WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Saúde’

Anvisa proíbe venda de gel de arnica, Sebo de Carneiro e Doutorzinho

Segundo o órgão, a medida de interesse sanitário é válida para todo o território nacional

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a fabricação, a distribuição, a divulgação, a comercialização e o uso dos produtos cosméticos Gel Suavizante de Arnica 100g; gel para dores em geral Tarja Preta; Sebo de Carneiro Extra e Doutorzinho 250g, fabricados pela Cristóvão Silvestre dos Santos, cujo nome fantasia é Cri Cosméticos, por falta de autorização para funcionamento. A empresa tem sede em Arapiraca (AL).

Segundo o órgão, a medida de interesse sanitário é válida para todo o território nacional. Por conta disso, as unidades disponíveis nos pontos de venda devem ser apreendidas.

Segundo informações da Cri Cosméticos, o Gel Suavizante de Arnica seria indicado para cãimbras, cólica menstrual e renal, dor de cabeça e garganta, além de dores musculares, reumáticas, estrias até celulite, além de torções, hérnias, sinusite e picadas de insetos.

O Sebo Carneiro Extra é usado para alívio das sensações de fadiga corporal, por meio da massagem. O Doutorzinho também é popularmente utilizado para alivio de dores musculares e cansaço.

Bahia tem 60 cidades com alto risco de surto de sarampo

Estado analisa 23 casos suspeitos de sarampo; outros 23 já foram descartados

No ano de 2018, 46 casos de suspeita de sarampo foram identificados na Bahia. Desses, 23 foram descartados e outros 23 estão sob análise do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). Dos 417 municípios da Bahia, 60 têm alto risco de surto de sarampo e 12 têm muito alto risco, de acordo com levantamento da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab). O nome das cidades, contudo, não foi divulgado pela Sesab.

O risco de importação viral na Bahia é considerado elevado pela Secretaria por conta do intenso fluxo turístico do estado. Um boletim epidemiológico expedido pela pasta neste mês mostrou que o monitoramento do sarampo deve ser intensificado por conta da possibilidade de reintrodução da doença.  :: LEIA MAIS »

Pacientes do SUS podem receber notificações sobre consultas pelo celular

A interface do Procedimentos SUS é simples e fácil de navegar, contando ainda com busca inteligente

Com a última atualização do e-SUB, os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) poderão receber notificações das consultas agendadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) pelo celular. As informações estarão disponíveis no aplicativo, disponível para o sistema Android.

Segundo informações do Ministério da Saúde, outra novidade com a atualização é que agora os profissionais da área podem registrar as vacinas aplicadas no prontuário eletrônico, permitindo o armazenamento de todas as ações dos pacientes em um mesmo local. Essa medida concede ao usuário acesso a todos os serviços do SUS que estejam informatizados.

Como os dados são coletados de forma individualizada, para conferi-los, os usuários devem fazer o download do aplicativo na loja do seu smartphone e acessar com o número do Cartão Nacional de Saúde.

Anvisa suspende venda e uso de lote de remédio para esquizofrenia

A empresa comunicou recolhimento voluntário do medicamento

Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada nesta quinta-feira (26) no Diário Oficial da União suspende a distribuição, a comercialização e o uso do lote 0000045 (Val Out/2019) do medicamento Melleril (cloridrato de tioridazina), drágeas 25mg e 100 mg, registrado pela empresa Valeant Farmacêutica do Brasil Ltda.

De acordo com a publicação, a empresa comunicou recolhimento voluntário do medicamento após constatar que drágeas de 100 mg do Melleril foram embaladas erroneamente nos cartuchos de drágeas de 25 mg do mesmo produto.

A resolução entra em vigor nesta quinta-feira (26).

Consumo de adoçantes afeta a fertilidade feminina, conclui estudo

Pesquisa conduzida no Brasil revela que o uso desse tipo de produto, e nem precisa ser em grande quantidade,  pode reduzir a chance de engravidar

No mundo, 40 milhões de mulheres têm algum tipo de dificuldade para engravidar,  5 milhões delas estão no Brasil. Para cerca de metade, a técnica artificial de reprodução é uma alternativa. O número de mulheres que recorrem à fertilização in vitro, método de laboratório que forma o embrião fora do útero, aumentou 300% nos últimos trinta anos.

Os motivos desse crescimento são compreensíveis. As chances de uma concepção natural resultar numa gravidez bem-­sucedida são de 30% para mulheres com idade de 20 a 30 anos. Depois dos 35 anos, esse índice cai para menos de 15%. Aos 40 anos, despenca para 5%. Já na fertilização in vitro, a taxa de sucesso chega hoje a 40%. Mas, apesar de relativamente alta, ela não se altera há pelo menos cinco anos. Agora, um novo estudo revela o que pode ser uma das barreiras a impedir o crescimento desse índice: o uso de adoçantes.

HGE tem redução de 34% no número de queimados durante o São João

A grande maioria dos atendimentos às vítimas foram motivados por explosões de artefatos

O Hospital Geral do Estado (HGE) registrou 35 atendimentos a pessoas queimadas durante os dias de feriado de São João. Deste balanço, divulgado nesta segunda-feira, 26, pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), 23 casos foram motivados por explosão de bombas e 12 por queimaduras ocasionadas por fogos de artifício.

Em relação ao mesmo periodo do ano passado, quando foram registrados 53 atendimentos, o número de pessoas queimadas que deram entrada no HGE diminuiu 34%.

Já no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ), outro posto de referência no atendimento à queimados, foram contabilizados 16 casos de feridos por explosão de bombas. A Sesab não informou números do HRSAJ referentes ao período de São João de 2016. :: LEIA MAIS »

Obesidade atinge um em cada cinco adultos no Brasil

Número de obesos entre jovens mais que dobra em uma década

A epidemia de obesidade no Brasil começa a dar sinais de estagnação. Dados inéditos do Ministério da Saúde obtidos pelo jornal “O Estado de S. Paulo” mostram que a explosão de casos assistida na última década perdeu ritmo nos dois últimos anos. “Os indicadores apontam para uma tendência de estabilização entre a população das capitais”, afirma a diretora do Departamento de Vigilância de Doenças e Agravos Não Transmissíveis do Ministério da Saúde, Maria de Fátima Marinho de Souza.

Os números, no entanto, estão longe de ser tranquilizadores. “Os patamares ainda são muito elevados. Mais do que nunca, é preciso reforçar a prevenção”, constata. Entre as medidas consideradas cruciais, estão mudanças nas regras de rótulos de alimentos, para que a população possa fazer escolhas mais conscientes, e políticas que permitam maior acesso a frutas e hortaliças.

A pesquisa do Ministério da Saúde mostra que 18,9% da população acima de 18 anos das capitais brasileiras é obesa. O porcentual é 60,2% maior que o obtido na primeira vez que o trabalho foi realizado, em 2006. Naquele ano, 11,8% dos entrevistados estavam com Índice de Massa Corporal (IMC) acima de 30. Embora bastante elevado, sobretudo quando comparado com outros países da América do Sul, os indicadores são os mesmos obtidos em 2015.

“Daí a indicação de que a velocidade da expansão começa a cair”, afirma Maria de Fátima. O mesmo ocorre com o excesso de peso. :: LEIA MAIS »

Hemoba lança campanha para garantir estoque durante festas juninas e Copa do Mundo

O objetivo é mobilizar os doadores para restabelecer os estoques de sangue da fundação e garantir o atendimento regular das ocorrências comuns durante este período.

Em função do período de festas juninas e do início da Copa do Mundo Fifa 2018, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) lança a campanha ‘Doadores Hemoba – Façam parte da nossa seleção`. O objetivo é mobilizar os doadores para restabelecer os estoques de sangue da fundação e garantir o atendimento regular das ocorrências comuns durante este período.

O mês de junho reúne diversos fatores que aumentam a preocupação com os estoques de sangue da Hemoba. Festejos típicos de São João, cultura de fogos de artifício e o início do Mundial de Futebol são elementos que geram eventos e intensa movimentação nas cidades e nas rodovias do estado. Como consequência, é esperado um possível aumento de registros de acidentes automobilísticos e com queimados, endossando a necessidade de transfusões sanguíneas. :: LEIA MAIS »

ANS suspende temporariamente venda de 31 planos de saúde

Isso não significa que contratos já existentes estão suspensos

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) suspendeu temporariamente o direito de 12 operadoras de venderem 31 tipos planos de saúde. A medida, que passa a vigorar nesta sexta-feira (08) foi adotada diante do alto índice de reclamações recebidas na agência contra esses planos durante o primeiro trimestre deste ano. As operadoras somente poderão voltar a ofertar no mercado esses contratos quando comprovarem a melhoria no atendimento.

Isso não significa que contratos já existentes estão suspensos. Eles continuam a vigorar. O objetivo da medida é apenas evitar que novos usuários contratem tais modalidades enquanto os problemas não forem solucionados, como o não cumprimento nos prazos para agendamento de consultas ou exames. :: LEIA MAIS »

Diabetes dobra o risco de contrair catarata

Saiba como preservar sua visão sendo portador desta doença

Dados do IDF (International Diabetes Federation), mostram que hoje 14,25 milhões de brasileiros têm diabetes. A previsão é de que este número salte para 23,28 milhões em 2040. Pior: um estudo inédito realizado no Reino Unido com 56.510 participantes revela que o diabetes dobra o risco de desenvolver catarata.

A doença responde por 49% dos casos de cegueira tratável no Brasil. Segundo o oftalmologista Leôncio Queiroz Neto do Instituto Penido Burnier isso acontece porque os depósitos de glicemia nas paredes do cristalino e as oscilações glicêmicas aumentam a formação de radicais livres que levam ao envelhecimento precoce da lente do olho. Portanto, o controle do diabetes desacelera a formação da catarata.

Grupos de risco

O oftalmologista afirma que muitas pessoas só descobrem o diabetes no consultório oftalmológico durante um exame de fundo do olho. Isso porque, os vasos da retina sofrem alterações que indicam a doença. O médico explica que o diabetes é causado pela produção insuficiente no pâncreas de insulina, hormônio que faz a glicose penetrar nas células. :: LEIA MAIS »

Prazo para vacinação contra febre aftosa é prorrogado para 15 de junho

Criadores de bovinos e bubalinos têm até 15 de junho para imunizar animais. Adiamento do prazo, que era previsto para esta quinta (31), aconteceu por causa da greve de caminhoneiros.

O Departamento de Saúde Animal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) autorizou aos estados a prorrogação até 15 de junho do prazo para vacinação do rebanho bovino e bubalino contra a febre aftosa que, pelo calendário, terminaria em 31 de maio.
Correspondência do Ministério encaminhada aos estados na última quarta-feira, 29 de maio, explica que a prorrogação tem o objetivo de evitar o comprometimento dos resultados da imunização dos rebanhos na etapa de vacinação de maio, tendo em vista que a greve geral dos caminhoneiros afetou vários setores, inclusive a produção e distribuição das vacinas. A correspondência ressalta que a adequada vacinação dos rebanhos, entre outros fatores, depende de adequada oferta de vacinas ao produtor e de uma logística de transporte normal.
Em entrevista a Recôncavo FM, o Delegado regional da Adab em santo Antônio de Jesus salientou que o produtor eficiente não deixará para comprar e vacinar seu rebanho no último dia e explicou ainda que a vacinação deverá ocorrer logo após a compra da medicação, “o criador receberá um carimbo na nota fiscal, onde é informado da declaração após 15 dias da compra. Caso o produtor não realize a declaraçãoserá multado. A vacinação é obrigatória e o único meio de se prevenir contra a doença. A bovinocultura é um importante gerador de emprego e renda na nossa região”, afirmou Luís Geraldo.

Quando a criança deve começar a usar fio dental?

“A partir de qual idade é recomendado que as crianças comecem a usar o fio dental?”

“O uso do fio dental não está relacionado à idade. A introdução deve ser feita a partir do real contato entre dois dentes vizinhos, ou seja, a partir do momento em que existirem dois dentes unidos. Geralmente, os molares – que ficam no fundo da boca – são os dentes que mais costumam ter este contato próximo. O segundo molar nasce por volta dos 2 anos e meio e já começa a entrar em contato com o primeiro molar, que já está presente na boca um pouco antes dessa faixa etária. Qualquer fio ou fita dental podem ser usados pelos pais, pois a criança não vai conseguir passar sozinha, uma vez por dia. Os fios dentais com suporte são mais fáceis de passar nos pequenos. Conforme eles vão crescendo, os pais devem ensiná-los a passar o fio nos dentinhos da seguinte maneira: enrolar o fio nos dedos das duas mãos, depois esticar o fio curtinho, colocar uma mão dentro da boca e a outra fora e fazer movimentos de vai e vem, com o fio na superfície próxima dos dentes. Apesar dos pais ensinarem os filhos desde pequenos, dificilmente eles vão conseguir usar o fio dental sozinhos antes dos sete anos. De qualquer forma, vale lembrar que é importante fazer essa limpeza desde cedo para evitar que a cárie aconteça entre os dentes”, esclarece o odontologista Marcelo Kyrillos, sócio e diretor da clínica Ateliê Oral, de São Paulo.

Brasil vai receber na quinta certificado de país livre da febre aftosa

A aftosa é uma doença que ataca bovinos e outros animais de casco bipartido

Enquanto trava dura batalha com os europeus, que restringiram as importações de frango e pescados, o Brasil recebe na quinta-feira, dia 24, certificado de país livre da febre aftosa, concedido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), com sede em Paris. A aftosa é uma doença que ataca bovinos e outros animais de casco bipartido. Seu controle facilita a abertura de mercados para exportação.

“O novo status sanitário concedido por esta renomada organização representa o reconhecimento da vitória de uma longa e dura trajetória de muita dedicação de pecuaristas e do setor veterinário oficial brasileiro”, disse o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, em discurso neste domingo, 20, na cerimônia de abertura da 86ª assembleia da OIE.

O certificado atestará que a febre aftosa está controlada em todo o território brasileiro, por meio da aplicação de vacinas. “Nosso novo grande desafio será enfrentar a etapa final do processo de erradicação da doença em nosso País e na América do Sul, ampliar nossas zonas livres sem vacinação e, em especial no Brasil, alcançar a condição de país livre da febre aftosa sem vacinação”, afirmou o ministro. :: LEIA MAIS »

Tempo gasto em computadores afeta bem-estar de jovens

A tese é de uma pesquisa conduzida por acadêmicos dos EUA

Ficar em frente a telas para navegar na internet, acessar redes sociais ou jogar videogame tem impacto negativo no bem-estar de adolescentes. A tese é de uma pesquisa conduzida por três acadêmicos das universidades da Georgia e de San Diego, nos Estados Unidos, publicada neste ano. Os investigadores analisaram dados de um levantamento anual feito no país com respostas de mais de 1 milhão de meninos e meninas.

Os pesquisadores observaram os índices de bem-estar, entendido como uma sensação a partir de diversos critérios, e identificaram uma queda brusca, desde 2012, em aspectos como autoestima, satisfação com a vida e felicidade. O estudo revelou também redução no sentimento de satisfação como um todo, menos entusiasmo dos jovens na relação com amigos e na diversão e queda da sensação de segurança :: LEIA MAIS »

14% dos brasileiros se declaram vegetarianos, mostra pesquisa Ibope

Levantamento pedido pela Sociedade Vegetariana Brasileira revela que cerca de 22 milhões concordam parcial ou totalmente com a afirmação ‘sou vegetariano’

Hippie pós-moderno? Comedor de alface? O perfil do vegetariano ultrapassou os estereótipos das últimas décadas e hoje atrai de adeptos da alimentação natural a até quem não dispensa junk food. Inédita, nova pesquisa Ibope Inteligência aponta que 14% dos brasileiros com mais de 16 anos – cerca de 22 milhões de pessoas – concordam parcial (6%) ou totalmente (8%) com a afirmação “sou vegetariano”.

Na mesma tendência, estudo da Kantar Ibope Media aponta que, de 2012 até o ano passado, cresceu de 8% para 12% os adultos (de 18 a 75 anos) que se declaram vegetarianos nas Regiões Sul e Sudeste do País e nas áreas metropolitanas de Salvador, Recife, Fortaleza e Brasília. “Deixou de ser uma escolha restrita a um grupo. Hoje toda família tem um vegetariano, um vegano”, diz Cynthia Schuck, coordenadora da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB).

Para ela, mesmo que nem todos sigam o vegetarianismo de forma estrita (mais informações nesta página), se reconhecer como tal é positivo. “São pessoas que se identificam e estão no caminho. E, para o mercado, já é um público que conta.” :: LEIA MAIS »

Dia Nacional de Combate à Cefaleia: saiba como prevenir e tratar a doença

Especialista do Instituto de Neurologia do Hospital Santa Paula dá dicas sobre como lidar com as dores de cabeça

O Dia Nacional de Combate à Cefaleia foi lembrado ontem, 19 de maio, por iniciativa da Sociedade Brasileira de Cefaleia (SBCe), com o objetivo de chamar a atenção da população a respeito das dores de cabeça. A doença está entre as que mais incapacitam as pessoas de realizarem suas atividades diárias e, apenas no Brasil, atinge cerca de 140 milhões de habitantes. Segundo a Academia Brasileira de Neurologia, estima-se que 94% dos homens e 99% das mulheres apresentam cefaleia ao longo da vida. Cerca de 70% das pessoas apontaram a dor no último ano.

De acordo com a Associação Internacional para o Estudo da Dor, a prevalência média da enxaqueca ao longo da vida é de 18%, tendo seu pico na população com idade entre 30 e 50 anos, enquanto da cefaleia tensional é de 52%.

“Os números são alarmantes. Quando não tratada adequadamente, existe maior risco de a cefaleia se tornar crônica, ou seja, no início o paciente experimenta poucos dias de dor, podendo até ser considerada ‘normal’, e, com o passar do tempo, associando a diversos fatores (como o uso excessivo de analgésicos), passa a ter dores praticamente diárias, com grande impacto no trabalho, vida social e pessoal”, afirma Alexandre Bossoni, neurologista do Instituto de Neurologia do Hospital Santa Paula. :: LEIA MAIS »

Brasil participa de banco de dados mundial sobre hipertensão

O banco de dados brasileiro é elaborado pela Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH) e o Departamento de Hipertensão Arterial da Sociedade Brasileira de Cardiologia (DHA/SBC), com apoio da Servier, que financia a elaboração dos bancos de dados em todo mundo.

Uma força-tarefa de 600 médicos de todo o país vai montar um banco de dados da pressão arterial do brasileiro. A iniciativa faz parte da campanha mundial de aferição da pressão arterial (PA), promovida pela Sociedade Internacional de Hipertensão (ISH, do nome em inglês), e chama a atenção para o Dia Mundial de Combate à Hipertensão, comemorado ontem (17). O esforço se estenderá durante todo o mês de maio. O resultado será encaminhado para a ISH e vai compor um levantamento global que será divulgado pela entidade estrangeira durante congresso que ocorrerá em setembro deste ano, em Pequim, China.

O banco de dados brasileiro é elaborado pela Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH) e o Departamento de Hipertensão Arterial da Sociedade Brasileira de Cardiologia (DHA/SBC), com apoio da Servier, que financia a elaboração dos bancos de dados em todo mundo. :: LEIA MAIS »

Chega ao Brasil novo antibiótico contra superbactérias

Estima-se que 700.000 pessoas morram anualmente em todo o mundo por causa desse tipo micro-organismo

Um novo antibiótico vai ser disponibilizado no Brasil para o tratamento de infecções causadas por algumas bactérias resistentes. Com o nome comercial de Zerbaxa, o medicamento foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no começo do ano para o tratamento de infecções intra-abdominais e infecções do trato urinário mais complicadas. Ele estará disponível para uso ainda esta semana. De acordo com a agência, 25%  dos casos de infecção no país são causados por organismos multirresistentes.

Uma das indicações dessa medicação é para tratamento de doenças causadas pela bactéria Pseudomonas aeruginosa, considerada uma das três bactérias mais resistentes, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Para tratar infecções bacterianas, os médicos normalmente optam por utilizar meropeném – classe de antibióticos considerada mais forte e de amplo espectro -, mas o uso indiscriminado pode elevar ainda mais os índices de resistência bacteriana. :: LEIA MAIS »

‘Só tenha os filhos que puder criar’: campanha de prefeitura causa repercussão na internet

Outras frases da ação também indignaram muitos internautas

Uma campanha lançada em janeiro pela prefeitura de Quaraí, cidade localizada a 600km de Porto Alegre, causou repercussão na internet na última semana. Com o slogan “Só tenha os filhos que puder criar”, a ação é uma parceria entre a prefeitura e a Secretaria Municipal de Saúde.

Apesar de ter sido publicada pelo Facebook da Prefeitura de Quaraí há quatro meses, a repercussão começou após uma usuária da rede publicar uma foto com um outdoor da campanha. A publicação, feita no dia 6 de maio, já tem mais de 120.000 compartilhamentos.

Ao lado do slogan, as outras frases da ação também indignaram muitos internautas. “Não tem condições emocionais, pessoas e econômicas? Pense bem antes de ter filhos”, diz a peça.

Nos comentários, alguns usuários chamam a campanha de ‘eugenia’. “Parece uma propaganda meio eugenista. Pobre: não nos arranhe mais trabalho porque não damos conta do trabalho que temos”, escreveu um dos internautas. Outros disseram que a prefeitura precisa oferecer educação sobre planejamento familiar e acesso a métodos contraceptivos. “Uma prefeitura para colocar esse tipo de propaganda ela deve ter fornecido todas as condições de apoio”, disse outro. :: LEIA MAIS »

Sesab compra quatro frascos de remédio à base de Canabidiol

O medicamento pode ser utilizado para tratar diversas doenças, entre elas epilepsia severa a fibromialgia

A Secretaria Estadual de Saúde publicou no Diário Oficial do Estado de hoje (8) a dispensa emergencial de licitação para aquisição de medicamento à base de Canabidiol, um dos princípios ativos da Cannabis Sativa, a maconha.

De acordo com a publicação, serão adquiridos quatro frascos de 10ml, com 60 mg/ml da droga. Em 2015, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) retirou o produto da lista de substâncias ilegais, ao passar para “controlado”, mediante exigência da receita e laudo médico para a importação.

O remédio pode ser utilizado para tratar diversas doenças, entre elas epilepsia severa a fibromialgia. A licitação fica aberta até o próximo dia 14. (Metro1)

Postos móveis da Hemoba recebem doações de sangue em Salvador e no interior

A baixa no estoque é motivada pelo período de chuvas e a maior incidência de feriados, que contribuem para a diminuição do número de doadores

Para suprir o estoque de bolsas de sangue – que registra redução nesta época do ano – a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) faz um apelo para que a população vá aos postos de coleta para doar sangue.

Segundo o diretor-geral da instituição, Marinho Marques, a baixa no estoque é motivada pelo período de chuvas e a maior incidência de feriados, que contribuem para a diminuição do número de doadores.

A Hemoba possui 29 unidades de coleta espalhadas pelo estado. Destas, quatro são unidades móveis que percorrem os municípios com o objetivo de ampliar a cobertura do serviço.

Desta terça-feira, 8, até sexta, 11, o serviço de atendimento móvel acontece em Salvador e no interior. O Hemóvel estará disponível para atendimento em Candeias (Praça Dr. Gualberto), das 8h às 16h, e em Salvador, das 8h às 17h, na Paróquia Nossa Senhora de Aparecida (Imbuí).

Em Santo Antônio de Jesus, o Hemosaj funciona nas dependências do Hospital Regional de segunda a  sexta-feira da 08h ás 17h

Pesquisa mostra que casados têm dificuldade em reconhecer sentimentos de tristeza no cônjuge

O estudo acompanhou 51 casais, que relataram em diários os estados de humor seus e dos (das) parceiros (as) ao longo de sete dias consecutivos.

Você sabe dizer se seu (sua) parceiro (a) está feliz, triste, de bom ou de mau humor? Você se atenta a isso no dia a dia? Se você respondeu que não, saiba que você não está sozinho. Uma pesquisa da Universidade Southern Methodist, de Dallas, nos Estados Unidos, apontou que a maioria das pessoas casadas ou que estão em relacionamentos estáveis tem dificuldade em reconhecer os sentimentos de tristeza nos (nas) parceiros (as).

O estudo acompanhou 51 casais, que relataram em diários os estados de humor seus e dos (das) parceiros (as) ao longo de sete dias consecutivos. O levantamento demonstrou que as pessoas tendem a presumir que o outro sente a mesma coisa ou está exatamente no mesmo patamar emocional, o que dificulta a percepção de momentos de tristeza, principalmente quando essas situações não estão diretamente ligadas ao relacionamento. :: LEIA MAIS »

Escola de Saúde Pública inscrições para curso de libras a profissionais do SUS

Os interessados podem se inscrever no período de 04 a 23 de maio de 2018 pelo site da Sesab.

Ao reconhecer a necessidade de ampliar o acesso das pessoas com perda auditiva ao Sistema Único de Saúde, a Escola de Saúde Pública da Bahia, unidade integrante da Superintendência de Recursos Humanos da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia, abrirá as inscrições para o Curso da Língua Brasileira de Sinais para Profissionais da área de Saúde.

Os interessados podem se inscrever no período de 04 a 23 de maio de 2018 pelo site da Sesab. O objetivo do curso é capacitar os profissionais da saúde no conhecimento de Libras aplicada ao SUS-BA.

Demora no diagnóstico de câncer leva à mastectomia em 70% dos casos

O alerta é da Sociedade Brasileira de Mastologia

A Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) alerta que em 70% dos casos de câncer de mama diagnosticados no país a mulher passa por uma mastectomia (remoção total da mama). O principal motivo é que a doença é identificada em estágio avançado.

Para a sociedade, esse índice está ligado à dificuldade do diagnóstico precoce e demora ao acesso a consultas, exames, biópsia e tratamento. Pesquisas internacionais apontam que se o tumor é descoberto logo no início – com menos de 2 centímetros – as chances de cura podem chegar a 95%, conforme a sociedade.

“Isso é um problema muito ligado à questão econômica com dois problemas básicos: a disponibilidade dos recursos, dos exames, a qualidade dos equipamentos e dos resultados. A limitação do acesso é um problema muito sério no nosso país, as mulheres no SUS [Sistema Único de Saúde] passam por uma verdadeira ‘via crucis’ que é conseguir consulta num posto de saúde, conseguir um pedido de exame e depois realizá-lo. Com o diagnóstico tardio, a agressividade do tratamento é maior”, disse o presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia, Antônio Frasson. :: LEIA MAIS »

Uso de cintas modeladoras para malhar é perigoso

Usar este acessório durante os exercícios físicos enfraquece a musculatura do core (músculos da região central do corpo que tem como função proteger a coluna)

Foi pensando em aumentar a carga de exercícios e proteger a coluna que a esteticista Carolina Balthar, de 25 anos, comprou uma cinta modeladora para malhar. Influenciada por anúncios da internet, a jovem passou três meses usando o acessório, mudou de academia e foi orientada por um profissional de educação física que o uso daquele item poderia prejudicar — e não reforçar — a coluna.

— Comprei a cinta pela internet e lá todos diziam que não traria problema algum. Até que o Daniel (Leão) me instruiu a não utilizá-la na hora de malhar. Depois disso, até aconselhei algumas pessoas que eu conheço a não usarem também — diz Carolina.

Vestida por celebridades como a ex-dançarina Gracyanne Barbosa, as cintas ganharam sucesso nas academias. Usar este acessório durante os exercícios físicos enfraquece a musculatura do core (músculos da região central do corpo que tem como função proteger a coluna) e consequentemente deixa a lombar mais suscetível a lesões.

:: LEIA MAIS »

Saiba o que é a síndrome da vagina morta

Esse problema circula na internet há algum tempo e tem dado o que falar

Você já ouviu falar sobre a síndrome da vagina morta? O fenômeno consiste na diminuição da sensibilidade do órgão sexual feminino após o uso constante de vibradores. O que acontece é que a mulher vai deixar de sentir prazer no sexo com o passar do tempo.

Esse problema circula na internet há algum tempo, mas não passa uma lenda. Mulheres que usam muito vibrador não perdem o prazer no ato sexual, o que acontece na verdade é uma espécie de dormência temporária da vagina. Em entrevista ao UOL, o psicólogo e terapeuta sexual Oswaldo Martins Rodrigues Jr., diretor do Instituto Paulista de Sexualidade Humana (InPaSex), garantiu que a estimulação por tempo prolongado deixa o local dormente, mas que o efeito dura poucas horas ou no máximo um dia.

O perigo de usar vibrador é escolher produtos com um comprimento muito grande. Pois com um uso excessivo pode provocar lacerações no órgão sexual. A cicatrização do ferimento vai provocar dores durante a penetração no sexo e dificultar a sensação de prazer.

Kefir: conheça o superalimento da vez

A aparência é semelhante a de leite coalhado e o sabor lembra um iogurte, só que um pouco mais ácido

Assim como outros alimentos que possuem bactérias benéficas, como os “leites fermentados com lactobacilos vivos”, o kefir é uma colônia de micro-organismos que fazem bem para a saúde. A aparência é semelhante a de leite coalhado e o sabor lembra um iogurte, só que um pouco mais ácido. Existem duas variedades de grãos de kefir: o Kefir de água, que apresenta uma coloração amarelada cristal, e o kefir de leite, de aparência cremosa semelhante à couve-flor.

Kefir de água

O Kefir de água pode ser feito com água do coco, água com açúcar mascavo ou apenas água filtrada. A água de torneira não é indicada porque possui produtos químicos que podem matar os micro-organismos que fazem tanto bem! Algumas pessoas escolhem esse tipo por ter sabor mais adocicado em comparação ao de leite.

Kefir de leite

O Kefir de leite é cultivado quase sempre a partir do leite animal – não necessariamente o leite de vaca, embora essa seja a utilização mais popular, também podem ser usados leites como o de cabra, búfala e ovelha ou até opções vegetais, como leite de coco. Seu sabor é um pouco mais forte que o do Kefir de água. :: LEIA MAIS »

Anvisa aprova novo tratamento para câncer de pulmão

Uso de 80 mg de osimertinibe (Tagrisso) é aprovado para o tratamento de primeira linha de pacientes com Câncer de Pulmão de Não Pequenas Células (CPNPC)

AAnvisa publicou a Resolução 927/2018 na edição do Diário Oficial da União (DOU) do último dia de 16 de abril aprovando a nova indicação para uso de 80 mg de osimertinibe, de nome comercial Tagrisso, uma vez ao dia, para o tratamento de primeira linha de pacientes com câncer de pulmão de não pequenas células (CPNPC) localmente avançado ou metastático que tenha feito teste genético para identificar a mutação do tumor.

A nova indicação amplia o espectro de pacientes que podem ser tratados com o medicamento Tagrisso que já estava aprovado pela Anvisa como segunda linha de tratamento, ou seja, em pacientes que não respondiam bem ao medicamento inicial.

De acordo com o estudo clínico que subsidiou a nova indicação do Tagrisso, existe a necessidade de confirmação, por meio de teste laboratorial, de que o tumor a ser tratado apresenta dois tipos específicos de mutações genéticas.

A aprovação foi baseada num estudo multicêntrico, internacional, randomizado, duplo-cego e controlado (FLAURA) conduzido em 556 pacientes positivos para tumores com as referidas mutações. Com informações do Portal Anvisa.

Campanha contra febre aftosa deve vacinar 9,8 milhões de bovinos e bubalinos a partir de terça

O produtor deve adquirir as vacinas em uma revendedora autorizada, devidamente cadastrada na Adab.

A primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa será realizada de 1º a 31 de maio em toda a Bahia. Bovinos e bubalinos de todas as faixas etárias deverão ser vacinados e declarados nesta etapa. A expectativa da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) é que 9,8 milhões de cabeças sejam vacinadas, representando 96% de taxa de vacinação do rebanho. Depois da vacina, os produtores têm até 15 dias para declarar a vacinação junto à Adab pela internet ou nos escritórios da agência distribuídos pelo estado.

O produtor deve adquirir as vacinas em uma revendedora autorizada, devidamente cadastrada na Adab. Há 21 anos livre da febre aftosa, a Bahia busca a manutenção do status de zona livre de febre aftosa, concedido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) pelo 17º ano consecutivo.

Com esse status, o objetivo agora é evoluir o estado e todo o país para zona livre de febre aftosa, sem vacinação, a partir do ano de 2021. Os proprietários que não vacinarem o rebanho durante o período da campanha e não fizerem a declaração serão multados no valor de R$ 53 por cabeça não vacinada e R$ 160 por propriedade não declarada, ficando impedido de vender ou transportar o rebanho. Por isso, a orientação é não deixar para última hora, evitando a perda dos prazos. :: LEIA MAIS »

Reajuste no Farmácia Popular garante medicamentos gratuitos à população

O programa Farmácia Popular possui mais de 31 mil drogarias credenciadas em 4.342 municípios, estando presente em 78% do território brasileiro

Os valores de 20 medicamentos oferecidos pelo Farmácia Popular serão reajustados para o ressarcimento nas drogarias, a partir da segunda-feira (30/4), informa o Ministério da Saúde. A população não será afetada pelas mudanças e poderá continuar a retirar gratuitamente em mais de 31 mil farmácias que trabalham com o programa.

O objetivo é reduzir distorções de preço entre o cobrado normalmente e o que o Governo do Brasil paga — em alguns casos, os produtos pagos pelo governo custavam mais de 200% acima do valor padrão. Há ainda alguns casos em que o governo pagava valores defasados em relação ao mercado, o que também será corrigido a partir da próxima semana.

Para garantir que os pacientes que tratam hipertensão, diabetes e asma não fiquem sem medicação, a pasta está realizando a compra centralizada dos remédios, que serão entregues aos municípios caso farmácias desistam do programa. Os cidadãos podem denunciar irregularidades pelo telefone 136. :: LEIA MAIS »




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia