WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Política’

Ex-prefeito de S. A. de Jesus, Humberto Leite recebe punição por irregularidades em licitação

Humberto Leite pagará uma multa de R$ 4 mil por irregularidades em licitações

O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta terça-feira (22), julgou procedente denúncia formulada contra o ex-prefeito de Santo Antônio de Jesus, Humberto Soares Leite, por irregularidades em procedimento licitatório realizado para fornecimento de equipamento de som, iluminação, geradores e de mão de obra, com valor estimado em R$851 mil, no exercício de 2016. O relator do processo, conselheiro Antônio Carlos da Silva, multou o gestor em R$4 mil.
A relatoria concluiu que o edital do pregão presencial, ao exigir a realização de vistoria técnica até o terceiro dia útil anterior à data fixada para a apresentação das propostas, violou a norma que prevê a fixação de prazo não inferior a oito dias úteis entre a publicação do aviso e a apresentação das propostas pelos interessados.
Com a imposição de uma providência prévia, no caso a realização de vistoria técnica, esse prazo mínimo foi indiretamente reduzido, já que os licitantes só poderiam apresentar a proposta após a constatação de todos os detalhes e características técnicas do objeto que influenciariam no custo e execução dos serviços, o que fere o caráter competitivo da licitação.
O Ministério Público de Contas, em seu pronunciamento, também considerou ilegal a exigência da Certidão de Acervo Técnico para serviços que não possuem relação com o CREA, mas o relator considerou que os serviços de som, iluminação e geradores dependem dos serviços de engenharia na sua montagem e operação, sendo submetidos, portanto, à regulação e fiscalização do CREA, não havendo que se falar em ilegalidade nas exigências relativas a estes serviços. Cabe recurso da decisão. (TCM)

Pré-candidatura de Lula à Presidência será lançada no dia 27, diz deputado

Wadih Damous (PT-RJ) anunciou a data depois de visitar o ex-presidente na Superintendência da PF em Curitiba, onde ele está preso há 45 dias

O deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) afirmou nesta segunda-feira (21) que a pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República será lançada no próximo domingo (27). O anúncio foi feito pelo parlamentar após visita ao petista na sede da Polícia Federal em Curitiba, onde ele está preso há 45 dias.

“O presidente Lula pediu que enfatizasse a todos vocês que no dia 27 de maio é muito importante que cada cidade brasileira, cada comitê e cada diretório do PT se organizem para lançar sua pré-candidatura. Vamos deixar claro que Lula é o nosso candidato à Presidência da República”, afirmou Damous, que é ex-presidente da seção fluminense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) –—ele visitou o ex-presidente na condição de defensor.

O deputado federal relatou ainda que Lula estava de bom humor, embora indignado com o que chamou de injustiça que está sofrendo desde sua prisão, no dia 7 de abril, para cumprir a pena de doze anos e um mês de prisão a que ele foi condenado pelo juiz Sergio Moro no caso do tríplex do Guarujá (SP). (Veja)

Evangélicos devem travar ‘guerra santa’ por vaga na majoritária da oposição na Bahia

Mesmo que implicitamente, a Bahia vai assistir a uma nova edição de “guerra santa”

 

Há muito tempo se sabe o potencial do segmento evangélico para eleger parlamentares. Tanto que, em todas as rodas de conversas políticas, sempre existe a reserva de vagas para representantes de siglas como PRB e PSC, legendas conhecidas por abrigar lideranças do setor e que obtêm sucessivos êxitos nas urnas. Em eleições majoritárias o movimento já tomou força e, em 2016, o PRB elegeu Marcelo Crivella no segundo maior colégio eleitoral do país, o Rio de Janeiro.

Enquanto esse avanço na Bahia ficava mais restrito aos pleitos para o legislativo, 2018 pode inaugurar uma disputa diferente entre os evangélicos: a busca pela indicação de um candidato ao Senado na chapa unificada da oposição. Até a última semana, era consolidada a candidatura do deputado federal Irmão Lázaro (PSC) para uma vaga na majoritária capitaneada por DEM ou PSDB – com o próprio parlamentar se assumindo como postulante ao Senado. Eis que, diante do cenário de união na oposição, o PRB resolveu requerer também um espaço na majoritária. :: LEIA MAIS »

Para Bolsonaro, é melhor menos direitos trabalhistas que perder o emprego

Em palestra a empresários no Rio de Janeiro, pré-candidato à Presidência também disse que, se eleito, fará privatizações ‘com critério’

O deputado federal e pré-candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro(PSL-RJ) defendeu nesta segunda-feira (21) a flexibilização das leis trabalhistas como forma de reduzir o desemprego.

“Aos poucos, a população vai entendendo que é melhor menos direitos e [mais]emprego do que todos os direitos e desemprego”, disse Bolsonaro, em uma palestra sobre a conjuntura política e econômica brasileira na Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ). Ele foi aplaudido ao falar da reforma trabalhista.

Diante de uma plateia de cerca de 300 empresários — que pagaram entre 180 reais (associados) e 220 reais (não associados) para ouvi-lo —, o deputado afirmou que pretende, se eleito, estimular o crescimento da economia por meio de privatizações “com critério” e de um processo de desburocratização que estimule investimentos.

“Quando eu disse que não entendia de economia, foi por humildade. Quem entende de economia é Dilma Rousseff, formada em economia. Olha a desgraça em que deixou o país”, ironizou. “Tem que desburocratizar, facilitar a vida de quem quer investir. Tem que partir para a privatização com critério, não botar tudo para o mercado.”

O deputado lidera as pesquisas de intenção de voto no cenário sem o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT), condenado em segunda instância na Operação Lava Jato e preso há 45 dias em Curitiba.

Prisco vira réu por falsidade ideológica e fraude de documentos à frente da Aspra

Prisco comandava a Associação e  é candidato a reeleição a deputado estadual

O deputado estadual Marcos Prisco (PSC) se tornou réu pelo crime de falsidade ideológica praticado na época em que comandava a Associação de Policiais Militares, Bombeiros e Familiares do Estado da Bahia (Aspra). Inicialmente, a ação penal contra o deputado tramitaria no Pleno do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), diante da prerrogativa de foro que Prisco detinha na qualidade de deputado estadual.

Entretanto, com o novo entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), de restringir o foro privilegiado para crimes relacionados ao mandato, o deputado será julgado por uma vara criminal de Salvador.  A denúncia contra Prisco foi apresentada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) em janeiro deste ano.

Inicialmente, o feito foi distribuído no Plantão do Recesso do Judiciário. Na época, a juíza Nartir Weber negou um pedido feito pelo MP de busca e apreensão no gabinete do parlamentar na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), por não poder ser apreciado em um plantão. :: LEIA MAIS »

Rede Sine anuncia paralisação contra possibilidade de veto presidencial

A diminuição do orçamento do Ministério do Trabalho e a falta de repasse para os convênios pode prejudicar o programa

Em função da possibilidade de veto presidencial ao Projeto de Lei que cria a transferência fundo a fundo para a manutenção da rede do Sistema Nacional de Emprego (Sine), os secretários de trabalho do órgão aprovaram uma paralisação da rede como forma de protesto, nesta quinta-feira (17).

A preocupação com o esvaziamento das políticas públicas nacionais de emprego e renda, a diminuição do orçamento do Ministério do Trabalho e a falta de repasse para os convênios também foram objeto de discussão dos secretários durante a assembleia.

Além da paralisação, funcionários da rede decidiram procurar os governadores, deputados e senadores para uma ampla mobilização pela derrubada do veto que ainda não foi votado. (Política Livre)

Empresário alega que é dono dos R$ 51 milhões atribuídos a Geddel

Empresário estaria ligando para o escritório do advogado de Geddel, Gamil Foppel, alegando ser o verdadeiro dono do dinheiro

O empresário baiano Carmerino Conceição de Souza reclamou a propriedade dos R$ 51 milhões achados em um bunker pela Polícia Federal (PF) que foi atribuído ao ex-ministro Geddel Vieira Lima.

De acordo com a coluna Satélite, do jornal Correio, ele realizou diversas ligações diárias para o escritório do advogado de Geddel, Gamil Foppel, alegando ser o verdadeiro dono do dinheiro. O empresário também enviou e-mails ao advogado para declarar a posse dos valores apreendidos no ano passado, durante Operação Tesouro Perdido, um dos desdobramentos da Operação Lava Jato.

Ainda segundo a coluna, o episódio consta na petição encaminhada na terça-feira (15) ao superintendente da PF na Bahia, Daniel Justo Madruga. Nela, o criminalista detalha os contatos feitos pelo empresário de “forma insistente”. O advogado informa na petição que havia orientado todos os seus funcionários a direcionar o empresário À PF, para que ele declarasse a posse dos R$ 51 milhões. “Mesmo após essa advertência, o referido senhor tem insistido em buscar contato com este peticionário (e demais advogados de seu escritório), passando a proferir expressas ameaças”, diz Gamil.

Partidos vão ao STF e ao TSE para ampliar tempo de TV

Dois dos partidos que mais cresceram na legislatura, Podemos e PP fazem ofensiva jurídica que pode mudar a correlação de força das legendas no horário eleitoral

Beneficiados pelas duas janelas de transferência partidária mais recentes, o Podemos e o PP se uniram em uma ofensiva jurídica para que a distribuição do tempo de TV às legendas no horário eleitoral gratuito na campanha não tenha como critério o tamanho das bancadas eleitas em 2014, como prevê a regra atual.

A estratégia ocorre em duas frentes: uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) apresentada no Supremo Tribunal Federal e uma consulta formal ao Tribunal Superior Eleitoral, o que obriga a Corte a se manifestar sobre tema.

Se a regra for modificada em uma das instâncias, haverá uma mudança significativa na correlação de forças dos partidos no horário eleitoral gratuito. Se o critério fosse a bancada atual, o Podemos saltaria de 5 segundos para 17 segundos em cada bloco no horário fixo. Já o número de inserções por semana cresceria de 7 para 29 ao longo na programação da TV aberta. :: LEIA MAIS »

Preso em Curitiba, Lula não poderá votar

Se Lula for transferido para um presídio até o pleito, poderá votar porque seu caso ainda não foi transitado em julgado

Se continuar preso na superintendência da Polícia Federal em Curitiba, o ex-presidente Lula não poderá votar nas eleições deste ano, de acordo com o Estadão. Segundo a publicação, como o  local não é uma unidade prisional, não receberá urnas eletrônicas. O petista se lançou candidato ao Planalto.

Se Lula for transferido para um presídio até o pleito, poderá votar porque seu caso ainda não foi transitado em julgado. Se a unidade prisional for no Paraná, porém, Lula só poderá escolher o presidente. O petista não transferiu o título no prazo legal.

Antes de ser preso, Lula gravou vídeos para campanha do PT a presidente

Ex-presidente está preso desde o início de abril na sede da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba.

Antes de ser preso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva gravou uma série de vídeos ainda inéditos para serem usados durante a campanha do PT a presidente da República.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, as imagens foram captadas pelo fotógrafo oficial do ex-presidente, Ricardo Stuckert, e compõem um estoque volumoso do que será o discurso na disputa de outubro.

Nos vídeos, Lula defendeu os governos petistas e jurou inocência. O ex-presidente está preso desde o início de abril na sede da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba.

MP-BA pede atenção de promotores com gastos de prefeitos em festas juninas

A procuradora-geral de Justiça da Bahia, Ediene Lousado, expediu uma recomendação aos promotores de Justiça do Ministério Público estadual (MP-BA) para que fiquem atentos aos gastos de prefeitos baianos com festas juninas.

A chefe do MP-BA considera, no documento publicado no Diário da Justiça desta sexta-feira (11), que os festejos juninos são manifestações culturais de alta significação popular, no entanto “o eventual apoio do poder público a essas manifestações culturais deve respeitar o direito fundamental dos cidadãos à boa administração, que deflui dos princípios da legalidade, publicidade, impessoalidade, eficiência e moralidade administrativa”.

A recomendação também leva em conta a crise econômica enfrentada pelos municípios com a diminuição da disponibilidade de recursos para as prefeituras. “O dispêndio de recursos públicos na organização dos festejos juninos não pode ser feito em prejuízo do cumprimento de obrigações de maior relevância constitucional, a exemplo daquelas relativas à saúde, à educação e ao saneamento básico, nem de forma a burlar a impessoalidade, a igualdade entre os fornecedores de obras, bens e serviços e a busca da proposta mais vantajosa e econômica para a administração pública”, aponta a procuradora-geral. :: LEIA MAIS »

João Leão afirma que Wagner pode ser candidato a presidente e Lídice vice de Rui

Nenhum dos caciques da legenda no plano federal aceita discutir uma alternativa à candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para retornar ao Palácio do Planalto. Lula está preso há 30 dias 

O vice-governador da Bahia, João Leão (PP), disse que o ex-governador Jaques Wagner (PT) pode substituir Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na disputa pelo Palácio do Planalto. “Essa possibilidade existe e ela é grande. Depois de Lula, Wagner é o quadro do PT que mais agrega. Isso está sendo considerado por nós e pode haver alteração de posições e nomes”, disse Leão, em entrevista à coluna Satélite, do jornal Correio.

Caso Wagner se candidate à presidência, a senadora Lídice da Mata (PSB) pode ficar com a vaga de vice hoje reservada para João Leão. “Nesse cenário, eu disputaria o Senado. Talvez tenha essa mudança”, completou.

Voto impresso estará disponível em 1.579 urnas na Bahia

Além dos 23 mil aparelhos equipados com módulo de impressão, uma reserva técnica de 7 mil urnas adaptadas estará disponível para substituição dos equipamentos

O Tribunal Superior Eleitoral aprovou resolução que define regras para implantação gradual do voto impresso. Na Bahia, serão 1.579 equipamentos para imprimido os votos. No Brasil, segundo o TSE, 23 mil urnas irão imprimir o comprovante de votação com os dados dos eleitores.

Os tribunais regionais eleitorais (TREs) deverão definir, entre 23 de julho e 31 de agosto, quais seções eleitorais receberão os equipamentos. Segundo a resolução, devem ter preferência locais que disponham de infraestrutura adequada e facilidade de acesso para eventual suporte técnico.

Além dos 23 mil aparelhos equipados com módulo de impressão, uma reserva técnica de 7 mil urnas adaptadas estará disponível para substituição dos equipamentos, em caso de necessidade.

São Paulo, que reúne o maior eleitorado do país, com mais de 33,2 milhões de pessoas aptas a votar, é também o estado com o maior número de urnas eletrônicas equipadas com módulo de impressão: 5.208. Em seguida, aparecem Minas Gerais, com 2.482, e Rio de Janeiro, com 1.951.

Roraima, que tem o menor número de eleitores no país, pouco mais de 328 mil pessoas, contará com urnas adaptadas em 52 seções eleitorais.

Sem Lula, Bolsonaro lidera pesquisa presidencial

Em cenário sem o petista, Marina Silva e Ciro Gomes rivalizam por lugar no 2º turno

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Paraná, aponta a liderança do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) na corrida pelo Palácio do Planalto, nas eleições de outubro, sem a presença do ex-presidente Lula (PT) no páreo. Segundo a revista Veja, enquanto o representante da bancada da bala, no Congresso Nacional, marcou 20,5%, Marina Silva (Rede), com 12%, e Joaquim Barbosa (PSB), 11%, empatam em segundo devido à margem de erro do levantamento, de 2%. A pesquisa ouviu, entre os dias 27 de abril e 2 de maio, 871 pessoas em 137 municípios de 26 estados e foi registrada no Tribunal Superior eleitoral (TSE) sob o número BR 2853/2018.

Acompanhe o resultado completo:

Jair Bolsonaro – 20,5%

Marina Silva –  12%

Joaquim Barbosa – 11% :: LEIA MAIS »

PF e CGU realizam operação que combate desvios de verbas públicas

Ação cumpre nove mandados de busca e apreensão e 16 mandados de intimação nas cidades de Anagé, Tanhaçu e Vitória da Conquista

A Polícia Federal e a Controladoria Geral da União deflagram hoje (3) a Operação Desconstrução. As investigações moram desvios de recursos públicos nas áreas da saúde e educação na cidade baiana de Anagé.

De acordo com a PF, 30 agentes e seis auditores da CGU cumprem nove mandados de busca e apreensã e 16 mandados de intimação em Anagé, Tanhaçu, e Vitória da Conquista.

A operação decorre de uma investigação iniciada em 2015, a partir de denúncia de vereadores da cidade sobre atividades irregulares de três falsas construtoras da região que, em conluio com o Poder Público municipal, venceram, quase que simultaneamente, oito licitações de obras de melhorias sanitárias, escolares e da área de saúde, desviando esses recursos públicos obtidos sem concluir as obras contratadas.

Ao longo das investigações, foi apurado que essas empresas, vencedoras de licitações recorrentes, serviam apenas de “fachada” e que, na verdade, não havia concorrência nenhuma.

Comunicado do Banco Central proibindo notas com carimbo ‘Lula Livre’ é falso

Vídeo com um homem carimbando notas de Real com o rosto do ex-presidente viralizou nas redes sociais

Desde ontem (1), um vídeo com um homem carimbando notas de Real com o rosto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu o que falar nas redes sociais.

Depois que as imagens viralizaram, mensagens circularam dizendo que o Banco Central teria proibido a rede bancária de receber as notas com o carimbo “Lula Livre”. A informação foi esclarecida pelo Boatos.org e confirmada por EXAME.

“Atenção: Banco Central acaba de divulgar que a rede bancária está proibida de receber notas com o carimbo Lula Livre. Que se receber tais notas, os Bancos, deverão chamar a polícia. O portador estará sujeito ao enquadramento no artigo 163 do Código Penal que trata do crime de rasura em papel moeda”, diz o texto equivocado que circula nas redes.

Em nota, o BC desmentiu a mensagem e afirmou que cédulas com qualquer tipo de marcas não perdem seu valor. :: LEIA MAIS »

TSE abre cadastro para serviço de financiamento coletivo de campanha

O cadastramento prévio na Justiça Eleitoral é obrigatório e deve ser feito exclusivamente por meio do preenchimento do formulário eletrônico disponível na página dedicada ao assunto no site da Corte

As empresas que querem prestar o serviço de financiamento coletivo para a campanha eleitoral deste ano já podem se cadastrar junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A Corte iniciou na segunda-feira (30), o cadastro dessas empresas. A iniciativa é uma das novas modalidades de captação de recursos para campanhas, criadas por lei, depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu, em 2015, a doação por parte de pessoas jurídicas com essa mesma finalidade.

O cadastramento prévio na Justiça Eleitoral é obrigatório e deve ser feito exclusivamente por meio do preenchimento do formulário eletrônico disponível na página dedicada ao assunto no site da Corte. As empresas ou entidades com cadastro aprovado pelo TSE estão autorizadas a arrecadar recursos a partir do dia 15 de maio deste ano. :: LEIA MAIS »

Dilma é intimada a depor como testemunha de Lula no processo do sítio de Atibaia

Ela deverá falar a Moro no processo sobre o sítio de Atibaia

A ex-presidente Dilma Rousseff foi intimada nesta segunda-feira (30) a depor como testemunha no processo contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que investiga obras feitas no sítio de Atibaia (SP) pelas construtoras Odebrecht, OAS e pelo pecuarista José Carlos Bumlai.

O depoimento foi marcado para 25 de junho, às 14h, por videoconferência. Dilma e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foram arrolados como testemunhas pela defesa de Lula. Além da marcação da oitiva, Moro também deu andamento a outros sete depoimentos de parlamentares no processo do sítio, todos a pedido da defesa de Lula.

As audiências estão sendo marcadas entre os dias 9 de maio e 20 de junho. Devem depor, entre outros, os senadores Lindbergh Farias e Humberto Costa e os deputados Carlos Zarattini e Arlindo Chinaglia Júnior.

Meirelles, Maia e Flávio Rocha disputam voto de evangélicos

Para conquistar o eleitorado evangélico que reúne pelo menos 27% dos votos no País, pré-candidatos participam de cultos em igrejas

Na disputa pelos votos do eleitorado evangélico, os presidenciáveis que se intitulam como liberais estão com agendas marcadas pela presença de reuniões com lideranças evangélicas e cultos religiosos.

Segundo o Ibope, os evangélicos representam 27% do eleitorado brasileiro, o que corresponde a 39,5 milhões de pessoas.

O ex-ministro Henrique Meirelles (MDB), o presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM) e o empresário Flávio Rocha (PRB) são os principais na disputa pelo segmento, de acordo com o Estadão.

“Eles [os fiéis evangélicos] têm demonstrado aceitação bastante grande em torno das políticas de austeridade fiscal, de equilíbrio das contas públicas”, disse Meirelles ao Estado, citando o que deve ser a principal tônica do seu discurso eleitoral.

Deputado Arthur maia é vaiado e impedido de entrar na prefeitura de Laje

Com palavras de ordem de Fora Arthur Maia, manifestantes  ocuparam a entrada da prefeitura impedindo a entrada  do grupo político

 

O deputado Federal pelo DEM, Arthur Maia esteve no último sábado (28) na cidade de Laje, no Vale do Jiquiriçá a convite  de líderes políticos da região, no entanto sua visita ao município não ocorreu como esperado.

Maia foi recebido com vaias pela população e um grupo de manifestantes acampou em frente a prefeitura impedindo a entrada do deputado e de outros políticos no Paço Municipal.

Arthur Maia foi o relator favorável a  Reforma da Previdência

Redação: Bahia Atual/Foto: Criativa OnLine

Eleitores com mobilidade reduzida têm até 9 de maio para pedir seção especial

As seções especiais são salas com acesso facilitado, com rampas, corrimãos, sem a presença de degraus e no térreo dos edifícios que funcionam como locais de votação. Além das seções, o eleitor tem ainda o direito de ser auxiliado por um acompanhante no ato da votação

Os eleitores com deficiência e/ou mobilidade reduzida – incluindo idosos -que desejarem transferir seus locais de votação para uma seção especial devem comparecer a um dos postos ou cartórios da Justiça Eleitoral até o próximo dia 9 de maio. A data é limite para realização de qualquer atualização relativa ao cadastro eleitoral.

Em Salvador, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) disponibiliza opções de seções especiais em todos os bairros. Atualmente, conforme cadastro do Eleitoral baiano, 203 seções estão preparadas para atender essas pessoas.

As seções especiais são salas com acesso facilitado, isto é, com rampas, corrimãos, sem a presença de degraus e, em geral, no térreo dos edifícios que funcionam como locais de votação.

Além de votar em local apropriado, o eleitor com deficiência e/ou mobilidade reduzida tem ainda o direito de, ao votar, ser auxiliado por um acompanhante de sua confiança, ainda que não o tenha requerido antecipadamente ao Juízo Eleitoral, em conformidade com o artigo 56 da Resolução 23.372/2011, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

PT lança campanha hoje para atrair novos filiados

Mesmo após envolvimento em diversos escândalos nos governos Lula e Dilma Rousseff, o PT ainda conta com 2,1 milhões de inscritos, 44% deles são mulheres

Com o apelo da prisão do ex-presidente Lula e a adesão espontânea de novos militantes, o Partido dos Trabalhadores lança nesta segunda-feira (23) uma nova campanha de filiação com o título “Sou Lula, sou PT”.

Segundo a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, desde o dia 7 de abril, quando Lula foi preso na sede da Superintendência da Polícia Federal (PF), em Curitiba, foram registradas 3.230 novas adesões à sigla, quase 30% do total de filiados desde janeiro, 11 mil.

Mesmo após envolvimento em diversos escândalos nos governos Lula e Dilma Rousseff, o PT ainda conta com 2,1 milhões de inscritos, 44% deles são mulheres. O lançamento acontece na reunião do diretório, na capital do Paraná.

Reprovação ao governo Temer é de 70%, aponta pesquisa Datafolha

Índice corresponde aos que classificaram governo como ‘ruim’ ou ‘péssimo’. Dentre os 4.194 entrevistados, 6% disseram considerar o governo ‘ótimo’ ou ‘bom’.
Foto: (Reprodução/NBR TV)

Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (17) pelo site do jornal “Folha de S.Paulo” indica que o governo do presidente Michel Temer é reprovado por 70% dos entrevistados.  O índice é o mesmo registrado no levantamento anterior, de janeiro, e corresponde à soma dos que classificam o governo como “ruim” ou “péssimo”.  O Datafolha ouviu 4.194 pessoas em 227 municípios entre os últimos dias 11 e 13.  O resultado da pesquisa, de acordo com o site, é o seguinte:

  • Ótimo ou bom: 6%
  • Regular: 23%
  • Ruim ou péssimo: 70%

Filme sobre impeachment de Dilma estreia no Brasil com sala lotada

Parte do festival ‘É Tudo Verdade, O Processo’ retrata ação que culminou no afastamento da petista

O documentário “O Processo”, que aborda o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), teve sua primeira exibição oficial no Brasil neste domingo (15), no Instituto Moreira Salles, dentro da programação da 23ª edição do festival É Tudo Verdade.

A alta procura pelas duas sessões inicialmente previstas pelo evento, marcadas para as 17h e as 20h, motivou breve confusão e reclamações do público que lotava as filas do centro cultural na avenida Paulista por volta das 15h.

As frustrações dos que queriam ver o documentário, que fez sua estreia internacional no festival de Berlim, obtendo o terceiro lugar na escolha do público da seção Panorama, foram aplacadas após a criação de uma sessão extra, às 23h, cujos ingressos também se esgotaram. A estreia comercial do filme está prevista para 17 de maio. :: LEIA MAIS »

Após prisão, Lula cai, mas mantém liderança

Sem a presença do ex-presidente, Bolsonaro e Marina Silva aparecerem tecnicamente empatados

A prisão de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) enfraqueceu sua candidatura à Presidência da República, é o que constata a mais recente pesquisa Datafolha, divulgada no início da madrugada deste domingo. Em janeiro, a mostra indicava que Lula tinha 37% da preferência dos pesquisados, na pesquisa divulgada hoje, que inclui o período de sua detenção na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, o petista registra 31% das intenções de votos no cenário mais favorável entre nove pesquisados.

Apesar da queda na pesquisa, Lula continua liderando a corrida ao Palácio do Planalto. O Datafolha traçou 9 cenários na corrida presidencial. Lula aparece em três deles e oscila entre 30% e 31%, na liderança, à frente do deputado Jair Bolsonaro (PSL), que varia entre 15% e 16%, e Marina Silva (Rede), com 10%.

No cenário com Lula, Joaquim Barbosa (PSB) aparece com 8%, Geraldo Alckmin (PSDB) com 6%, Ciro Gomes (PDT) com 5%, Alvaro Dias (Podemos) com 3%, Manuela D’Ávila (PCdoB) com 3%, Fernando Collor de Mello (PTC) com 1%, Rodrigo Maia (DEM) com 1%, Henrique Meirelles (MDB) com 1%, Flavio Rocha (PRB) com 1% e outros, como Paulo Rabello de Castro (PSC) não pontuaram. Brancos e nulos somam 13% e não sabem 3%.

Nos outros seis cenários, sem a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Bolsonaro e Marina Silva aparecerem tecnicamente empatados. O deputado federal lidera com 17% e a ex-ministra oscila entre 15% e 16%.

Em todos os cenários sem o ex-presidente Lula, Ciro Gomes (PDT) alcança 9% das intenções de voto, empatado tecnicamente com o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), que varia de 7% a 8%, e o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa (PSB), que oscila entre 9% e 10%. :: LEIA MAIS »

Targino Gondim anuncia pré-candidatura a deputado federal

Sua principal plataforma será meio ambiente 

Targino Gondim deve se candidatar a uma vaga de deputado federal nas eleições de outubro. O forrozeiro se desfiliou do Partido Socialista Brasileiro (PSB), onde estava a convite da senadora Lídice da Mata, e atendeu ao convite do Partido Verde (PV) para entrar no pleito pela legenda.

No final de março, o músico já tinha adiantado a possibilidade em entrevista ao Programa Geraldo José (Transrio FM/Juazeiro AM), onde destaca a preocupação ecológica. “Não posso é ficar me sentindo mal com estas mazelas e me omitir. Veja, hoje [22 de março] Dia Mundial da Água e não se tem conhecimento de uma programação em favor do nosso Rio São Francisco. Ontem, ao ajudar na tarefa da minha filha, eu sugeri que ela cobrasse da professora conteúdo sobre o rio exatamente para incutir nas crianças o sentido de preservação do nosso maior manancial hídrico”, disse.

Lula pode ser transferido da PF e ficar custodiado em quartel

Lula pode ser transferido para presídio, caso petistas insistam em criar tumultos em frente da Sede da PF em Curitiba

A transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva da sede da Polícia Federal, em Curitiba, já está sendo estudada pelo órgão. De acordo com o colunista Lauro Jardim, o motivo seria a aglomeração causada pela presença de Lula no prédio, que atrai imprensa e militâncias favoráveis e contra ao petista.

A ideia é que Lula fosse transferido e ficasse custodiado em um quartel do Exército. Para acontecer, no entanto, a transferência terá que ser autorizada pelo juíz Sérgio Moro, quem determinou a prisão de Lula e está com o caso desde o início.

Biometria: fluxo no TRE-BA cresce a 28 dias do fim do prazo

Na sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), o recadastramento biométrico será oferecido até a data limite – 31 de janeiro – das 8h às 18h, por ordem de chegada

A 28 dias do término do prazo para a regularização eleitoral, a procura na sede do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), começa a se intensificar. Por outro lado, postos como os das estações Pirajá e Bonocô do metrô ainda estão com fluxo baixo.

Após o dia 9 de maio, o cadastro eleitoral será encerrado em todo o País, por conta das eleições. Na Bahia, 916.378 títulos foram cancelados ao fim do período para realização do recadastramento biométrico em 31 de janeiro.

Desse número, 339.790 já regularizaram a situação. Em Salvador, 321.549 títulos foram cancelados e 215.430 pessoas ainda precisam regularizar a situação com a Justiça Eleitoral.

Diferente da semana passada, quando um dos guichês de atendimento da sede do TRE registrou o número de nove atendimentos, a movimentação era intensa na manhã desta terça-feira(10)

“Eu vim achando que a fila estaria pequena, me surpreendi. Não vim antes por causa do trabalho. Hoje, tirei um tempinho”, diz Lúcia Santana, 25 anos.

Transtorno

O músico Thiago Queiroz também errou na estratégia para não pegar fila. “Achei que quando o período para regularização fosse reaberto, o pessoal viria rapidamente. Por isso, deixei do meio para o final. Acabou que peguei fila do mesmo jeito”, afirma Thiago, decepcionado.

Para além da sede do TRE, outros 16 postos realizam atendimento para regularização eleitoral. Com agendamento: prefeituras-bairro do Subúrbio-Ilhas, Pau da Lima, Barra-Pituba, Cajazeiras, shoppings Lapa e Paralela, Posto Câmara Municipal, Casa da Justiça e Cidadania.

Para estes, o período de agendamento é aberto todas as sextas-feiras, a partir das 12h, no site do TRE.

No Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), o procedimento é realizado, exclusivamente, por meio de agendamento no site do órgão.

Os postos são: Barra, Cajazeiras, Comércio, Periperi, Boca do Rio. Além do TRE, as estações Pirajá e Bonocô do metrô e a Estação Ferroviária da Calçada não precisam de agendamento.

Para realizar o procedimento, o eleitor precisa de documento de identificação com foto e comprovante de residência recente (emitido há, no máximo, três meses).

Outros serviços

Além da regularização para poder votar, o eleitor que desejar pode fazer o alistamento inicial (1ª via do título), fazer atualização cadastral ou solicitar transferência de domicílio eleitoral.

Segundo a assessoria do TRE-BA, o eleitor que teve o título cancelado em razão da biometria não poderá votar nas próximas eleições e estará sujeito a restrições, a exemplo do cadastro de pessoas físicas (CPF), poderá ser impedido de tirar passaporte, pegar empréstimo em instituições públicas, tomar posse em cargo público e ter problemas para recebimento de benefícios federais.

“O número de atendimentos diários está aquém do esperado. O TRE-BA pede para que os eleitores que ainda não regularizaram sua situação busquem atendimento o quanto antes e evitem os possíveis transtornos de comparecer apenas nos últimos dias”, diz o órgão, em nota. (A Tarde)

Barrado em Curitiba, Rui diz que Lula é ʹpreso político de meia dúzia de pessoas da elite brasileiraʹ

A Juíza negou a solicitação de Roberto Requião (MDB) dizendo que ‘não há fundamento para a flexibilização do regime geral de visitas’ na carceragem da PF.

Frustrados por terem sido barrados em visita ao ex-presidente Lula (PT), em Curitiba, governadores afirmam ter registrado ‘indignação’ na Polícia Federal.

“Ninguém está acima da lei, mas reafirmo que nenhum brasileiro deve ser condenado sem provas por um procurador que inúmeras vezes manifestou sua posição político-partidária”, disse o governador da Bahia, Rui Costa (PT), um dos “barrados no baile”.

Antes de ir à sede da PF, os governadores almoçaram na casa do senador Roberto Requião (MDB).

Dos governadores que foram ao Paraná, quatro são do PT, dois do PSB, um do PCdoB, um do PDT e um do MDB. A maioria deles, sete, é do Nordeste e outros dois da região Norte.

Participaram da visita os governadores do Acre, Tião Viana (PT); do Amapá, Valdez Goes (PDT); Alagoas, Renan Filho (MDB); Bahia, Rui Costa (PT); Ceará, Camilo Santana (PT); Maranhão, Flávio Dino (PCdoB); Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB); Pernambuco, Paulo Câmara (PSB); e Piauí, Wellington Dias (PT).

Lula pode pegar até 118 anos de prisão

Além do processo do triplex, no qual já foi condenado a 12 anos e um mês de reclusão, outras seis ações em curso contra o ex-presidente, e mais uma denúncia sob exame da Justiça, preveem sanções pesadas para petista

O ex-presidente Lula pode pegar até 118 anos de prisão. Além do processo do triplex, no qual já foi condenado a 12 anos e um mês de reclusão, o petista responde a outros seis processos, e mais uma denúncia criminal ainda sob exame da Justiça, que podem dar a ele pesadas sanções penais – a pena mínima, somadas as que estão previstas para os crimes atribuídos, chegam a 29 anos, sem contar a já aplicada a ele no caso do imóvel do Guarujá (SP).

As ações, de acordo com o Estadão, abarcam os crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa, obstrução de Justiça e tráfico de influência. Duas das seis ações correm na Justiça Federal do Paraná, sob a tutela do juiz Sérgio Moro, que na quinta-feira (5) decretou a prisão de Lula no processo do triplex.

Em uma ação, o ex-presidente é acusado de receber propina de R$ 12,5 milhões da Odebrecht para construção de uma futura sede do Instituto Lula, em São Paulo, e também um imóvel vizinho ao dele em São Bernardo do Campo, no ABC paulista.




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia