Oito décadas após morte de Lampião, bandos armados atacam cidades do sertão

O problema de agências atacadas na Bahia que estão sem serviço de saque atinge cerca de 20 cidades. Segundo reportagem da Folha, com a destruição dos bancos, os municípios sofrem com a falta de dinheiro. Devido à problemática, já batizada de “Novo Cangaço”, o comércio local acaba perdendo clientes para cidades vizinhas.

A questão é vivida por moradores de cidades como Cansanção, Nova Fátima, Nordestina, Araci e São Domingos, que precisam ir para outros municípios para sacar dinheiro.

Em Nova Fátima, na Bacia do Jacuípe, a agência do Bradesco foi atacada quatro vezes nos últimos cinco anos. Atualmente, há apenas uma caixa eletrônico, mas que não realiza saques.  Segundo a Febraban  o número de ataques tem caído. Em 2017, foram 108 assaltos e tentativas registrados na Bahia.